Prenda do Mês de Maio - Daniellen Severo

Postado por Djeine A. Dalla Corte | quinta-feira, maio 15, 2008 | , , , , , , , , , | 1 comentários »

Gaudérios: Tu és natural de que cidade? Falas um pouco de ti e de tuas raízes.


Meu nome é Daniellen Severo sou natural de Alegrete- fronteira oeste do Rio Grande do Sul, Alegrete é uma cidade histórica, foi a 3ª Capital Farroupilha na época da Revolução.
Tenho 19 anos, sou estudante do 2º semestre do curso de Direito e atualmente sou 1ª prenda da 4ª região tradicionalista, da qual fazem parte as cidades de Alegrete, Quarai, Barra-do-quarai e Uruguaiana. No momento estou me preparando para representar a minha região no 38º Concurso Estadual de Prendas que acontecerá em maio na cidade de Júlio de Castilhos.

Gaudérios: Qual a relação que tens com a tradição Gaúcha?

Iniciei no tradicionalismo em 2005 e desde então não saí mais deste meio, é uma paixão, quando tu vê de fora tu não imagina o quão grandioso e maravilhoso é ser tradicionalista.
Como já falei sou 1ª Prenda da 4ª região tradicionalista e vou concorrer agora em Maio à Prenda do estado do Rio Grande do Sul.



Gaudérios: Participaste de um concurso de prendas, poderias falar como foi o concurso, o que os jurados avaliam? Conte-nos um pouco sobre o que aconteceu nos bastidores.

Nesta minha curta porém maravilhosa vivencia tradicionalista pude participar de alguns concursos de prendas, mas nem todos tive o resultado esperado.
Comecei no tradicionalismo em 2005 com 16 anos concorrendo a Mais Prendada Prenda da Semana Farroupilha aqui da Alegrete eram 17 concorrentes e foi meu primeiro contato com o público e com um microfone, neste concurso foi avaliado a apresentação de um trabalho que tinha como tema a Literatura Gaúcha, uma entrevista e uma prova artística em que dancei uma dança tradicional, obtive a sétima colocação.

Logo fui convidada para ser 2ª prenda do CTG Vaqueanos da Fronteira e fiquei como 2ª prenda até setembro de 2006.
Antes disso em dezembro de 2005, concorri a Mais Prendada Prenda da Campereada Internacional de Alegrete, onde também tive que apresentar um trabalho, passar por uma entrevista e por uma prova artística, obtive neste concurso a 2ª colocação.

Em julho de 2006 concorri a 1ª Prenda Adulta do CTG Vaqueanos da Fronteira, este também teve a mesma forma de avaliação dos outros, obtive a 1ª colocação, logo em agosto concorri novamente à prenda da Semana Farroupilha, fiquei em 3ª lugar.

Em junho de 2007 ocorreu o concurso de prendas regionais em que concorri e obtive a 1ª colocação, título que ainda ostento.
Este concurso foi avaliado da seguinte forma: juntamente com a ficha de inscrição deve-se enviar um relatório mostrando a tua vivencia, os eventos em que participaste e os projetos que realizastes, um deles é o MTG vai à escola, em que temos que visitar escolas mostrando para os alunos um pouco do que é o tradicionalismo. Depois temos uma prova escrita, uma mostra folclórica, uma prova oral com um tema sorteado 15 minutos antes da tua apresentação e uma prova artística, onde a prenda tem que dançar uma dança de salão e uma tradicional e pode optar se quer declamar tocar um instrumento ou cantar, no meu concurso eu declamei.

Mas, o concurso mais importante da minha vida estar por vir, vou participar do 38º Concurso Estadual de Prendas, título máximo do tradicionalismo gaúcho.
Sei que é difícil, mas estou me esforçando ao máximo para chegar ao resultado esperado.

Eu geralmente nos meus concursos fico muito nervosa e após a apresentação em que vejo que eu consegui passar a minha mensagem eu desabo chorando, e mais maravilhoso é que pessoas que tu nem conhece, reconhecem o teu trabalho a tua dedicação e vem te abraçar te dar os parabéns, isso não tem preço.

Gaudérios: O que gostarias de dizer para as prendas que estão iniciando na tradição, ou até mesmo para aquelas que já participam de eventos tradicionalistas, em relação a ser uma autêntica prenda?

A minha mensagem as prendas que estão iniciando é que sejam responsáveis e que ao assumir o compromisso de prenda cumpra-o com toda a dignidade e respeito pela nossa tradição, que sejam amigas umas das outras, que sejam o verdadeiro exemplo para a juventude tradicionalista, afinal nós representamos uma jóia, a mulher gaúcha, somos como flores deste Rio Grande.
E que cada uma ajude a trazer cada vez mais jovens e crianças para participar deste movimento, afinal eles são o futuro do nosso tradicionalismo.

Gaudérios: Em relação à Cultura Gaúcha: qual tua música preferida? Poesia? Livro? Sites? Comunidades?

Como apaixonada pelo meu Alegrete, a minha música gaúcha preferida é o Canto Alegretense, mas também gosto de Flor do Mar, Querência Amada, gosto de todas do César Oliveira e Rogério Mello e atualmente uma música que não sai da minha cabeça é Hino ao Rio Grande, uma toada de Simão Goldmam que aprendi a tocar no violino.
Minha poesia preferida é Mulher Gaúcha, do alegretense Antonio Augusto Fagundes, livro não tenho nenhum preferido, pois atualmente tenho que ler vários para me preparar para o concurso estadual.
O meu site preferido, de cultura gaúcha, é o do MTG (www.mtg.org.br)

Gaudérios: Qual o comentário que gostarias de fazer para complementar nossa conversa, por favor, fique a vontade?

Gostaria de agradecer o convite, e dizer que é muito importante blogs como este para nos integrarmos e expandirmos a nossa cultura.
Estou à disposição para o que precisarem muito obrigada.
Saudações Tradicionalistas!




“Não é o desafio que nos deparamos que determina quem somos
e no que estamos nos tornando, mas a maneira como respondemos ao desafio...
quando acreditamos no sonho nada é por acaso...”.
Prendas nunca desistam dos seus sonhos!



Gaudérios: A cada nova prenda que o Blog Gaudérios entrevista, mais se prova a força e autenticidade de nossa cultura. Mais confiantes e otimistas nos sentimos por ver o amor e o conhecimento que estas jovens moças herdaram e, mais importante, continuam cultivando. Agradecemos à Daniellen Severo por sua participação neste quadro, bem como por seu esclarecimento em relação ao concurso de prendas, realmente um desafio. Tais esclarecimentos contribuem muito para a valorização de todas as prendas. Abraços a Todos!

Gostastes da entrevista? Então deixas teu comentário!
O Blog Gaudérios agradece!

1 comentários

  1. andressa // 18 de outubro de 2009 15:03  

    Eu adorei e admiro a determinaçao da Daniellen.Ela n desistiu da sua votade de ser prenda,mesmo q no inicio n tenha alcaçado o seu objetivo,se esforçou e alcançou o tao determinado sonho.
    Espero q assim como ela eu consiga alcansar os meus objetivos ,q tmbm e ser prenda.
    Irei usar a entrevista dela como exemplo.
    bjs