Encontro Internacional de Pajadores no Chile

Postado por Djeine A. Dalla Corte | quarta-feira, maio 30, 2012 | , , , | 0 comentários »


O pajador brasileiro Paulo de Freitas Mendonça retorna mais uma vez ao Chile. Esta é a segunda viagem àquele país no primeiro semestre deste ano e quarta turnê internacional do pajador no período, pois esteve na Argentina em janeiro, no Uruguai em abril, em março esteve em “El Rincon”, no Chile e agora vai a San José de Maipo, no topo da cordilheira, para participar do Encontro Internacional de Pajadores daquela cidade.


Ouça pela internet!
dia 02 de junho, a partir das 21h, (22h no horário de Brasília). 

O evento pode ser acompanhado ao vivo, em tempo real pela internet. O encontro, uma produção de Luis Ordenes Ramirez com o patrocínio da municipalidade de San José de Maipo e financiamento do Governo Regional Metropolitano de Santiago, acontece ininterruptamente há três anos e pela segunda vez consecutiva conta com a atuação do pajador brasileiro Paulo de Freitas Mendonça. Emanuel Gabotto representa a Argentina, Jorge Céspedes Romero “El Manguera”, Juan Carlos Bustamante, Rodrigo Torres e Leonel Sanchez, o Chile e Cacho Artigas, o Uruguai.

Leia a saudação de cada pajador ao povo chileno:



A apresentação está a cargo do conhecido locutor Antonio Salas. Os pajadores também se apresentam em um asilo em San José de Maipo e em mais duas atividades para públicos restritos, uma naquela cidade e outra em Poente Alto.

Esta edição será transmitida por sinal de rádio 
dia 02 de junho, a partir das 21h, (22h no horário de Brasília). 

Segundo Mendonça, o período de estada dos pajadores no Chile, previsto em cinco dias, vai ser registrado por um canal de televisão, desde o desembarque no Aeroporto de Santiago até a última atividade, para gerar um documentário sobre o evento. O pajador brasileiro que tem viajado para diversos países, salienta que cada vez que volta de uma viagem destas não se considera o mesmo que vai, pois se diz enriquecido de conhecimentos e de amizades.

Fonte: Paulo de Freitas Mendonça por e-mail.

Blog do Buenas e M'espalho

Postado por Mauro dos Reis | domingo, maio 06, 2012 | | 0 comentários »

Boa tarde vivente, estava dando uma gineteada pela rede e encontrei o Blog do Buenas e M'espalho: http://buenasemespalho.blogspot.com.br/, nesse recanto virtual da música gaúcha tu podes encontrar a agenda de shows, fotos e até baixar umas músicas do primeiro CD do Buenas e M'espalho, vale apena conferir!!

Querência Amada

Postado por Mauro dos Reis | sábado, abril 28, 2012 | | 0 comentários »

Essa fotografia do Eduardo Amorim me lembra um trecho de Querência Amada:


"Quem quiser saber quem sou,
olha para o céu azul,
e grita junto comigo,
viva o Rio Grande do Sul!"
(Teixeirinha)
Créditos Foto: Eduardo Amorim
Bom sábado gauchada!!

Esgrima crioula

Postado por Mauro dos Reis | sexta-feira, abril 27, 2012 | , | 0 comentários »

Gaúchos cultuando a tradição através da Esgrima crioula, foto de 1895.

Esgrima crioula
Esgrima crioula

É Aqui Junto Ao Chapéu

Postado por Djeine A. Dalla Corte | terça-feira, abril 24, 2012 | | 0 comentários »

Pura e autêntica poesia gaúcha!

Compositor: Ângelo Franco

Essa música eu conheci na voz do grupo Buenas e M’espalho composto por: Shana Müller, Érlon Péricles, Cristiano Quevedo e Ângelo Franco. Leia a letra e aprecie a beleza das palavras deste pessoal jovem que com certeza levará adiante nossas tradições.

É aqui junto ao chapéu...
É aqui junto ao chapéu que se carraga o pensar
Que se analisa o sentir e os rumos pra se tranquear
Aqui se esconde o sentido de tudo que um homem faz
E se define a vergonha que a cara pode estampar

Eu aprendi muito cedo matenando com o meu avô
Que o homem agente conhece no rastro que ele deixou
Que a história não perde nada e um dia o que se passou
Vem revelar a consciência que o sujeito carregou

O mundo tem olhos grandes não deixa nada passar
Enxerga o que agente planta e o que deixa de plantar
Um dia o fruto da alma de cada um vai vingar
Trazendo gosto à garganta conforme Deus ordenar

Eu sei que o povo gaúcho conhece a história que tem
E que o rio grande começa em cada homem de bem
Cada consciência é um caminho que pode ou não ir além
E só cuida pra aonde vai quem respeita de onde vem

Eu sei que o povo gaúcho conhece a história que tem
E que o rio grande começa em cada homem de bem
Cada consciência é um caminho que pode ou não ir além
E só cuida pra aonde vai quem respeita de onde vem

É aqui junto ao chapéu no nosso eu mais profundo
Que reside a diferença entre o seco e o fecundo
Existe larga distância entre o primeiro e o segundo
Entre os que mancham a história e os que constroem o mundo

Canto Alegretense

Postado por Mauro dos Reis | terça-feira, fevereiro 28, 2012 | | 0 comentários »