Atravessando As Fronteiras-Gaita Ponto

Postado por Mauro dos Reis | quarta-feira, fevereiro 11, 2009 | , | 0 comentários »

"(...) e o gaiteiro era um mulato
que até dormindo tocava
e a gaita choramingava
como namoro de gato!
(...)" Bochincho de Jayme Caetano Braun

Fico feliz quando vejo as novas gerações desse querido Rio Grande do Sul calando as raízes do nosso chão, com a mais pura tradição gaudéria. E dele gaita Daniel Dalla Corte!



Mate de Esperança

Postado por Djeine A. Dalla Corte | segunda-feira, fevereiro 02, 2009 | , , , | 2 comentários »

Interpretação: Délcio Tavares

Essa música é um belíssimo exemplar da música gaúcha e principalmente, em minha modesta opinião, da forma poética com que nossos poetas gaúchos exultavam a tradição. Essa música emociona especialmente pela delicadeza com que trata da temática da saudade relacionada à tradição do chimarrão.




Composição: Francisco Castilhos / Albino Manique*


Eu vou cevar um mate gordo de esperança
Com a erva verde do verde do teu olhar
Tomar um trago bem graúdo
E preparar tudo
Para te esperar

E o meu rancho que era escuro de saudade
Eu vou fazer uma pintura de alegria
Para te impressionar e te agradar
Se tu voltar guria

Eu fiz promessa pro negrinho
Eu fiz promessa pro negro do pastoreio
Levei fumo em rama e um gole de canha
Como oferenda
Só para ele me ajudar
Só pra ele me ajudar a encontrar um meio
E um laço forte pra que eu te prenda, prenda

Oh!oh!oh!
E então sem mágoa
Posso até sentir o que virá depois
Oh!oh!oh!
Vou esquentar a água e feliz servir
Um mate pra nós dois.

*Francisco Castilhos e Albino Manique foram fundadores em 1957 do Grupo Os Mirins.